Portal Bahia Extremosul - Central de Notícias

publicado em 20/12/2016 às 12h13min

SMEC faz prestação de contas de gestão

compartilha nas redes sociais:
Ewerton Silveira

Realizada nesta última sexta (16) na Câmara de Vereadores, a reunião pública de prestação de contas da Secretaria Municipal de Educação e Cultura - SMEC, com objetivo de dar transparência e publicidade aos investimentos na rede municipal de ensino desde 2013.

Pela primeira vez na história de nosso município, a SMEC realiza um evento dessa magnitude. Demonstrando transparência, o evento não somente apresentou dados financeiros de investimentos, como também abordou a evolução positiva da educação de nossa rede pública municipal, o que pode ser vista na evolução do IDEB dos anos iniciais (1º ao 5º) que tem se mantido acima da meta nacional, além da expectativa de maior crescimento dos anos finais (6º ao 9º) em 2017. Destaque especial a construção do PME- Plano Municipal de Educação que regulará a educação em nossa cidade até 2025 e também a criação do Conselho Municipal de Cultura, ferramenta pública de gestão dos investimentos em cultura.

De acordo com o setor de contabilidade desde 2013 a educação municipal vem investindo em obras e equipamentos em mais de 15 milhões de reais, o que resultou na entrega de 8 novas quadras poliesportivas cobertas, 2 coberturas de quadra e 1 creche proinfância, que já estão em funcionamento.

Segundo Ariosvaldo Gomes Secretário Municipal de Educação e Cultura, a gestão João Bosco deixará em caixa cerca de R$ 3.251.289,26 nas contas da educação, que deverão ser destinadas a conclusão de 10 obras em andamento, sendo 8 creches e 2 quadras cobertas.

O secretário ressaltou que recebendo os recursos obrigatórios (25%) da prefeitura deixará a secretária totalmente saneada financeiramente, com todos os débitos pagos e com materiais diversos para as escolas iniciarem o ano letivo de 2017.

Além disso apontou para a nova gestão os desafios que será gerir 81 escolas, 22.560 alunos e 2.163 servidores, em meio aos cortes e congelamentos dos investimentos em educação por parte do governo federal. Mas também apontou a possibilidade de receber cerca de 180 milhões de reais nos próximos anos referentes à reposição de uma verba do FUNDEF, o que impactará positivamente a educação em Teixeira de Freitas, se tais recursos forem aplicados coerentemente.

Educação prestação de conta

Veja também DESENVOLVIMENTO

Veracel Celulose divulga edital para contratação de assistente administrativo

Veracel Celulose divulga edital para contratação de assistente administrativo

Protesto - Nenhuma comarca sem Juiz, essa é a luta da OAB!

Protesto - Nenhuma comarca sem Juiz, essa é a luta da OAB!

Sete erros que os pais cometem na hora de dar mesada

Sete erros que os pais cometem na hora de dar mesada

Sebrae inicia agenda de apresentações da RedeSim em Itagimirim e Medeiros Neto

Sebrae inicia agenda de apresentações da RedeSim em Itagimirim e Medeiros Neto

Últimas publicações